sexta-feira, 16 de maio de 2014

A Vida São Dois Dias - Pensamento do Dia Tag


Sabem quando estão a ler um livro e a personagem morre? Há um vazio. Nós construímos a personagem na nossa cabeça e quando ela morre nós sentimos. Sempre sentimos. Devo de dizer que todas mortes me tocaram, não há nenhuma que seja indiferente. Mas a mais surpreendente morte foi a de Dimitri no livro Beijo das Sombras, assim como o surpreendente final dele no quarto livro Promessa de Sangue. Não posso dizer mais nada se não estou estou a estragar o final a uma amiga minha, Sorry +Ler em Vez de Sonhar .
Agora Lovewriters,
respondam a estás perguntas:
Morte mais sofrida?
Morte mais estúpida?
Morte mais ridícula?
E a morte mais surpreendente?
Respondam eu publico.


1 comentário:

  1. A morte mais surpreendente foi a do Fred, de HP... foi horrível. A mais sofrida, para mim, foi a da Bianca, da saga Evernight. A única morte que pode ser considerada ridícula/estúpida, por achar desnecessária, é a da Hermyony, de DC.

    ResponderEliminar