Destaque da Semana 10# - Bloco de Devaneios

junho 23, 2014


Boa tarde Lovewriters,
é altura do Destaque da Semana, espero que gostem da entrevista que fiz a autora de Bloco de Devaneios.

De onde veio a ideia?
Acho que tudo se deveu ao excesso de tempo livre. Aquele momento no verão em que as nossas férias não coincidem com as dos nossos amigos, fazendo com que passasse demasiado tempo a ler e a passear. Acabei por utilizar essa leitura para algo útil, numa altura em que poucos blogues literários existiam mas em que os poucos que haviam eu gostava imenso de acompanhar. Iniciou-se por ser uma nova forma de passar o tempo e acabou por se tornar uma passatempo útil quando não tenho mais nada em mãos e me quero ocupar com algo.

Sobre o que fala o blog?
É um blogue literário em que escrevo críticas a diversos livros. Livros que compro, que me emprestam, que as editoras enviam... Além disso, essencialmente na altura das férias, tem outras actividade que acabo por fazer, para diversificar mais o blogue.

De onde veio o nome?
Como referi o blogue apareceu devido ao excesso de tempo... Acabou por ser um lugar em que transferia os meus sentimentos do momento através dos livros que tinha acabado de ler e isso reflectiu-se no nome dado, Bloco de Devaneios.

Como se sente em relação a reacção das pessoas?
Gosto de ler comentários ou emails que me chegam de diversas pessoas. Lembro-me de um email que me marcou especialmente e que ainda hoje guardo na minha caixa de entrada da autora Helena Trindade, onde esta dizia que as minhas palavras sobre o seu livro a haviam tocado, acabando o próprio email por me tocar. Muitos autores nacionais estão constantemente em cima das opiniões aos seus livros e por vezes receber emails destes, a pedir conselhos ou a agradecer certas opinião são uma mais valia para mim e sinto que apesar de ser uma diversão, acabo por ajudar em algo através do blogue.

Que objectivos tem sobre o blog?
Que seja um blogue que não se venda. Um blogue onde a minha opinião é só minha e não exista apenas para fazer editores felizes. Ou apenas para acompanhar uma opinião que praticamente é unânime e eu arranjo forma de discordar (como aqueles livros que ninguém gosta e eu tenho o sentimento contrário, ou vice versa).

Que próximos destaques terá o blog?
Na altura das férias espero ter tempo para recomeçar as entrevistas que fazia mensalmente aos autores nacionais, algo que tive muita pena de abandonar mas que devido à universidade teve mesmo que ser.

Quais são os seus blogues preferidos?
Há inúmeros blogues que gosto, mas há sempre aqueles em que a leitura da opinião me envolve mais. Acho que posso referir o blogue "Menina dos Policiais", "As Histórias de Elphaba" e o "Algodão Doce para o Cérebro". Existem outros claro, mas estes são os que me aparecem de imediato em mente.

Que hobbies tem alem do blog?
Para além do blogue e de ler posso dizer que adquiri o gosto por passeios diários (e se correr tudo bem que se irão transformar em corridas diárias), voluntariado, sair com os meus colegas e namorado e, claro, o meu curso de mestrado, que se tudo correr bem para o próximo ano termino.

Que livro mais gosta?
Esta é daquelas perguntas que qualquer leitor de livros fica a pensar bem na resposta. Eu não direi que tenho um livro favorito, posso dizer que tenho alguns que me marcaram imenso ao longo da minha (curta) vida. A saga d'"Os Cinco" de Enid Blyton marcou-me imenso porque foram os primeiros livros que comprei com o meu dinheiro, aqueles tostões que os avós dão para os gelados e que eu guardava para comprar um livrito na papelaria da esquina. Outro que me marcou muito foi "A História Interminável" de Michael Ende, o livro que iniciou a minha jornada num dos meus géneros literários favoritos, a fantasia. Outra trilogia que adorei é a "Trilogia das Jóias Negras" de Anne Bishop, que continuou o meu vício pelo estilo descoberto no livro de Michael Ende mas tornou-o em algo mais adulto e profundo.

Espero que tenham gostado :D

4 comentários:

Com tecnologia do Blogger.