quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Memories - Day-by-Day 3#


Lembra-se de falar do meu ex-namorado em Eu Confesso? Bem hoje chegou a hora de contar como nós conhecemos...
Sabem quando acabam com alguém passado algum tempo dizem: Sinto saudades de namorar! Bem a minha melhor amiga dessa altura achou engraçado quando disse isso empurrar-me contra um rapaz, o D. Esse rapaz durante o restante dia passou por mim umas 3 vezes. Alguém apresentou-me ao perceber que eu estava a ficar interessada nele. Durante duas semanas falamos por sms, por facebook, e até nos encontramos varias vezes. No dia 18 de Dezembro, eu tinha um Holter, um aparelho para gravar o batimento do meu coração e determinar o que está a falhar pois infelizmente eu tenho problemas cardíacos, e foi ter com ele. Foi o dia em que começamos a namorar e digo-vos, não foi quem disse Amo-te primeiro, não foi eu que não tive medo de compromisso, mas foi eu que tinha a pulsação a 156!
Isso aconteceu a Quatro Anos atrás, e temos sempre os nossos problemas e acabar e voltar, sempre que penso nisso tenho a minha própria Soundtrack:
A primeira musica que partilhamos foi You Belong to Me de Taylor Swift, a nossa frase é Forever And Always, a musica que mais identifico para a nossa historia é Love Story, a musica que eu mais ouço quando acabávamos é Red , a musica que eu mais penso quando estou com ele é Both of Us,  musica que eu mais ouço quando voltamos é Begin Again. A musica que eu ouço para relembrar os nossos momentos Wings, a musica que ouço quando estamos longe Tennis Court, para lembrar os maus momentos e em como desejo apaga-los The Scientist. E muitas mais que eu não me estou a lembrar.
Essas musicas são importantes para mim... nunca as deixo de ouvir só porque acabou...
As vezes os infinitos não duram apenas permanecem parados...

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Desafios, AC - Os Vossos Pensamentos 3#


Este destaque foi escrito por AC autora do blog --> Dario de Uma Forever Alone, ela aceitou o meu desafio que eu lancei a uma semana e aqui está o resultado:

A vida tão bela e tão complicada! Vida esta que nos dá amor; amizade; que nos arranca sorrisos e gargalhadas bem altas. Vida esta que nos coloca desafios, por vezes quase impossíveis, que temos de superar. Oh...e como a vida seria um desperdício sem estes desafios. Todos aqueles obstáculos que temos de saltar, e não podemos simplesmente ignorar e contornar, têm um propósito.
São nos oferecidos desafios ao longo da nossa vida e é nossa responsabilidade que os agarremos impávidos e que os vençamos. Se são maus, se são bons realmente não importa, a parte relevante são as lição que ganhamos com eles e as oportunidades que vêm juntas.
Partilhem todas as vossas lições, que com certeza serão úteis a alguns terceiros, e aproveitem as vossas oportunidades, que nem todos têm a sorte de as terem!

Próximo Desafio:
"Se Eu Fosse..." - Este é o desafio, se vocês fossem algo o que seriam? O que fariam? Tem até o dia 1 de Setembro para enviar um email aqui: lovepeaceandwrite@gmail.com


Destaque da Semana 23# - Um Mar de Recordações



Temmmpo para um destaque... desculpem pela minha ausência gente mas há que trabalhar... o destaque desta semana pertence a Miguel Alexandre Pereira autor do blog Um Mar de Recordações.

De onde veio a ideia?
Antes de mais quero agradecer o teu convite para esta entrevista. Passando agora para a primeira questão, desde de muito novo que sempre gostei de escrever, era muito normal andar sempre com um caderno a escrevinhar qualquer coisa. As ideias iam surgindo com muita naturalidade, as palavras fazem parte de mim. Se inicialmente não partilhava com ninguém o que ia escrevendo com o tempo senti a necessidade de partilhar. E, bem, foi aí que nasceu o ‘Um Mar de Recordações’…

Sobre o que fala o blog?
O blogue é muito generalista gosto de escrever sobre vários temas com forte abordagem nos temas actuais. No entanto, o prato forte acaba por ser os textos literários que vou escrevendo. É nessa área em que eu tento apostar forte e também julgo ser essa componente a que agrada mais aos leitores.

Quando foi criado o blog?
A verdade é que este projecto começou em 2009, inicialmente andou num período experimental. Andei a adaptar-me ao espaço e à procura de um conceito pessoal. Assim sendo, o nascimento oficial do ‘Um Mar de Recordações’ acabou por só acontecer em Janeiro de 2011, ou seja, este espaço avança a passos largos para o seu quarto aniversário. A cada ano que passa fico contente por este pequeno projecto ir crescendo mais um pouco.


De onde veio o nome?
Já foi a algum tempo, não tenho o momento bem presente. Mas recordo-me de que o nome foi um dos aspectos mais complicados que tive quando comecei a criar o blogue. A ideia do ‘Um Mar de Recordações’ surgiu depois de um belo tempo a pensar. O raciocínio foi de que a vida é um conjunto de recordações, neste espaço ia deixar algumas, portanto pareceu-me lógico conter essa ideia no título.


Como se sente em relação a reacção das pessoas?
Acho que a reacção tem sido formidável, a verdade é que sabe muito bem receber o apoio e o carinho de pessoas que por lá passam. Recentemente cheguei mesmo à marca dos 12 mil comentários, que para mim é um número surpreendente. Nunca pensei poder vir a ter esta adesão. Há sempre uma palavra amiga e simpática que acabam por ser o tónico perfeito para continuar a trabalhar neste espaço. Sinto isso principalmente quando deixo os leitores escolherem o desenvolvimento dos meus contos, vejo que as pessoas acabam por se sentir mais ligadas.


Que objectivos tem sobre o blog?
O meu objectivo principal passava por evoluir a nível literário, crescer com o desenrolar nos messes. No fundo um constante treino de escrita criativa, acho que esse desejo tem sido cumprido. Sinto que tenho evoluído bastante, principalmente em usar melhor a criatividade. É engraçado observar a evolução e o crescimento que foi acontecendo. E isso está a abrir-me algumas portas…


Que próximos destaques tera o blog?
O ‘Um Mar de Recordações’ vai ter uma grande novidade nos próximos dias, um anuncio que vou fazer que é mais um passo nesta caminhada pelas letras. Acho que os leitores vão gostar muito deste destaque que vai ser um pontos fortes dos próximos meses. Por enquanto ainda não posso adiantar muito mais, mas posso garantir que é algo que vai agradar muitos leitores. O melhor que tem a fazer é ir passando por lá, pois a novidade está muito perto de chegar...


Quais são os seus blogues preferidos?
Há tanta qualidade na blogosfera que é complicado escolher, pois há sempre aquele receio de não me estar a recordar de um bom blogue. Posto isto, aqui vão alguns dos que mais gosto de ler. Adoro o trabalho da Cláudia Ventura, o da Rapha  e o do Pedacinhos de Mim.Qualquer um dos três tem um espaço simplesmente espetacular. Recomendo vivamente a visita aos seus blogues!


Que hobbies tem alem do blog?
Gosto imenso de fazer desporto, encontro-me neste momento a treinar para uma meia-maratona que vai realizar-se em Outubro. Gosto de colocar desafios ao longo do ano e vou tentado concretizá-los. Este é apenas um deles. Algo que passo muito tempo a fazer é a ler, essa é uma verdadeira paixão. Gosto também de uma boa conversa onde é possível falar sobre qualquer tipo de tema.  

Que musica mais gosta?
Oiço de tudo, depende muito do estado de espírito do dia… Ainda assim, o estilo que mais aprecio é rock. É perfeito para me colocar focado e cheio de energia. Para escrever não há nada melhor que uma banda sonora como ambiente, permite que a escrita saía com muito mais naturalidade e facilidade. É quase como a chave para abrir a porta da criatividade.


Qual é o seu maior sonho?
O meu maior sonho é sentir-me realizado, o importante é sentirmo-nos bem connosco próprio. O resto acaba por vir por acréscimo, o essencial é encontrar sempre várias razões para sorrir e ter essa força sempre presente. Os objectivos acabam por ser atingidos com naturalidade, não vale a pena estar muito stressado com isso.  Quando há talento e vontade as oportunidades vão sempre aparecer!


Qual seria a pior coisa que podia acontecer?
Perder a esperança, acho que esse é mesmo a pior coisa que pode acontecer a alguém. O maior castigo que se pode dar é roubar isso. É preciso sempre ter força para acreditar que amanhã o dia vai ser melhor. Quem perde a esperança, perde tudo…


Se tivesses um lema seria...
“Nunca deixes para amanhã o que podes fazer hoje”. Quando começo algo não consigo parar até que isso esteja acabado, fico completamente focado e só quero aquele ponto concluído. Pode demorar minutos ou horas, mas vou estar ali a fazê-lo. Sou muito dedicado a tudo o que me faz sentir bem.


Qual é frase que mais amas?
“Quando você quer alguma coisa, todo o universo conspira para que você realize o seu desejo.”, de Paulo Coelho. É uma frase esperançosa e com uma força incrível. Assim que a li fiquei completamente apaixonado por ela!


Gostas de ler? Se, sim qual é o teu livro preferido?
Como já disse anteriormente gosto imenso de ler. Quanto a um livro preferido é muito complicado de escolher um que gosto mais. Sou um profundo admirador de José Saramago, Intermitências da Morte é soberbo. Misery de Stepehen King também é muito bom. Além disso, não podia deixar de dar ênfase a uma série que acompanhou muito a minha infância que foi Harry Potter. Terá sempre um lugar muito especial para mim…


Se tivesses um pedido para o meu blog no pensamento do dia qual seria?
Sem dúvida uma mensagem de esperança, depois de alguns anos de sofrimento por parte da maioria dos portugueses. Acho que o que precisamos todos é de saber que há mesmo luz ao fundo do túnel e que tudo vai ficar melhor em breve.  Esse seria um pensamento do dia fantástico.

Espero que gostem, visitem o seu blog, ele é uma pessoa incrível e escreve muito bem

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Romeu+Julieta - Movie Tag 7#

Na fictícia Verona Beach, Montéquios e Capuletos são duas famílias com conglomerados empresariados que disputam o poder e se odeiam. Enquanto os pais de Julieta Capuleto (Claire Danes) tentam fazê-la casar com o filho do governador, Dave Paris (Paul Rudd). Romeu Montéquio (Leonardo DiCaprio) e seu primo Benvólio Montéquio (Dash Mihok) são levados pelo crossdresser Mercúcio para um baile dos Capuleto. Lá Romeu e Julieta se apaixonam, mas o primo de Julieta, Tebaldo Capuleto (John Leguizamo), percebe o membro da família rival e Romeu é forçado a fugir. Os dois passam então a tentar consumar seu amor em meio à guerra das famílias.




Trailer do filme



Opinião

Eu amo a história de Romeu e Julieta e hoje de manha quando foi ver televisão reparei que estava a dar este filme, eu comecei a ver e fiquei escandalizada, de shakespeare para aquilo? Vá lá, todo o filme era falado na poesia de W.S. mas a maneira como foi feito o filme foi como se estivesse a ridicularizar a historia. Sim a ideia, o teatro está todo lá, moderno e assim, mas a maneira como os actores encenaram, como foi destacado as falas, ridículo!
Primeiro a atitude exagerada de Tebalto, as ridículas roupas, a maneira como Romeu e Julieta estavam a se apaixonar...Enfim, horrível!

Hoje vou ver este filme e vou ver se é melhor ou pior que este..

Day-by- Day 2# crying a river

Da esquerda para a direita: A Catia, a Mel, A P, a D e eu! AHAHAHA brincadeira, não levem a mal!

Como sabem eu escrevi pela primeira vez aqui algo muito pessoal no Post Eu Confesso...e hoje tive um comentário que me deixou em lágrimas e eu sabia que não posso apenas comentar de volta tinha que fazer algo mais e aqui vai para a C do post Momentos a +Cátia Fernandes:
Claro que toda a gente sentiria a tua falta. O teu blog é fantástico. Tu és ainda mais. És tu que me inspiras para tanta coisa. Nem te passa pela cabeça o quanto. És a pessoa mais forte que conheço. Felizmente posso dizer que te conheço pessoalmente e não apenas pelo blog. É um privilégio. Já passaste por tanto. Continuas a passar, que eu sei, e aqui estás tu, em pé e a pensar nos outros e a querer ajuda-los. Por vezes, quase sempre, queria ser um pouco como tu. ADORO'te
 Mas também os comentários da P' autora de  DeCoração ❤
Oh minha querida, eu sentiria a tua falta, sim! Conheço o teu blog há pouco tempo mas gosto dele, é um cantinho muito amoroso e gostei de trocar mails contigo, foste super querida e simpática! Eu também sou assim, estou sempre preocupada em ajudar os outros mas às vezes fico triste porque ajudo quem nunca perde um tempinho a perguntar-me sequer se eu estou bem. Quanto ao teu namorado... Sê sincera com ele e diz-lhe que sentes a sua falta. Se ainda gostas dele porque não tentam reatar a relação? A distância e tudo o mais é complicada mas sei lá, quando se ama arrisca-se. Arrisca, ao menos já não viverás sem saber como teria sido se tivessem tentado :)
Eu não sei há quanto tempo tens o teu blog, mas não desanimes se tiveres poucos comentários ou seguidores, evoluir na blogosfera é um processo lento minha querida e por isso mesmo pode ser até frustrante por vezes. Mas no fim vale a pena. Escreve principalmente para ti, tu tens de ser a pessoa principal para quem é escrito este blog, afinal de contas esta é a tua história, é o teu diário! Não tens nada que me agradecer :) eu acho que foste corajosa em contar aqui algo que é pessoal para ti, eu tenho coisas que gostava de abordar no meu blog e ainda não consegui. Acho que há tempo certo para tudo e talvez o meu ainda não tenha chegado, quem sabe daqui a uns tempos ;) mas se te sentiste bem e aliviada em escrever isso aqui acho que deves continuar, afinal de contas não nos podemos esquecer que tu és a principal pessoa a quem este blog tem de agradar ;)
O Comentário da Mel do blog À Toa:
Ohh tonta claro que sentiriamos a tua falta :D Não desanimes, força, para mim a blogoesfera é isso mesmo: ajudar e ser ajudado, escrevendo o que não admitimos a ninguem, pelo menos por aqui nos blogs pessoais. Vá força.
Relativamente à tua confessão, eu sei que é dificil, acredita, e por um lado acredito que fizeste bem, mas agora no casamento tenta falar com ele. Vá linda acredita que vai correr tudo bem.
Força.
beijinhos
 
E o comentario de +D. Santos autora de An Open Book:
 Eu sentiria a tua falta. Posso nem sempre comentar, mas leio-te.
O blog também serve para desabafar; faz muito bem. ;)
O facto de gostares de ajudar os outros é muito bom. És muito querida e penso que todos gostam de ti e sentiriam a tua falta se deixasses a blogosfera.
Qualquer coisa que precises, mais não seja desabafar, podes contar comigo!
Bjinhos**

Obrigada meus amores e claro em especial a Catia minha maluca preferida :D, deixaste-me em lagrimas sabes bem que detesto chorar!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Day-by-Day 1#, Momentos


Quem disse que o blog era uma coisa neutra, está tão enganado! 
Hoje acordei, peguei no meu telemóvel, vi os emails dos bloguers, foi a wattpad ver os votos que recebera. Foi ao instragram e foi ver televisão, se eu não tivesse feito não teria arranjado inspiração para a nova história que irei lançar em breve na wattpad. 
E depois foi ao blog quando reparei que estava nas 27000 Visualizações não compreendi, foi ver quantas visualizações ontem e eram de 1333! Wow! Fiquei tão contente :D
Mas bem a falar de momentos... eu tenho uma melhor amiga e para o beneficio desta historia vamos chama-la C. (porque eu não fiz este blog anónimo?), nós estávamos numa loja com a nossa melhor amiga V e com o irmão da C., e eu e a C fomos para uma divisória, e aquilo era bastante pequeno e que ouviasse a conversa de um casal e a situação pode ser constrangedora mas eu levo as coisas ao limite. Comecei a falar com a C sobre o vestido dizendo coisas do género: para cima, para baixo a direita, aiii mesmo, oh deus! A certa altura toda a gente lá fora se calou e e eu e C percebemos que o que estávamos a dizer estava a dar a ideia errada por isso continuamos. A V e o irmão dela lá fora estavam quase a cair de tanto rir. Quando saímos as empregadas olharam para nós de canto. Eu e a C apenas olhamos uma para a outra largamos a roupa e saímos de lá a correr. 
Já vos aconteceu algo parecido?

Espero que tenham gostado. 
Não se esqueçam de participar no novo desafio que tem como tema, Desafios! Chamem ironia. Tem uma semana para participar. Que irá acabar dia 23!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Presos 7# - O Lugar Onde Pertenço

Musica para este capitulo aqui

- O que achas? - Perguntei quando saiu da casa de banho com umas calças pretas e uma T-Shirt com camisa por cima e umas sapatilhas vermelhas. 
Ele parou a olhar para mim, eu estava com um vestido azul escuro que me dava pela coxa e que tinha um decote profundo com renda a tapar. Tinha uns saltos altos de cunha pretos(os únicos que me lembrara trazer) e uma colch. Ele assobiou e pareceu um pouco chocado.
- Estás... linda - disse sorrindo.
- Liam, são duas da manhã pensei que estávamos cansados.
- Tu estás cansada? - Perguntou-me divertido.
- Não - disse revirando os olhos.
- Então vamos!
Eu ri-me do seu entusiasmo e  então olhei para a cama e para todo o quarto.
- Eu sei o que estás a pensas - disse sorrindo.
- Ah sim? - Perguntei. - Duvido.
-É um quarto bastante piroso, não é?
-Bastante - disse rindo pegando na mala. - Vamos?
-Vamos querida, prepara-te para uma noite louca.
Ele agarrou a minha mão e fez-me dar um giro, eu ri-me e saimos do motel. Entramos numa rua em direção a um bar onde se podia ouvir a musica alta. Eu olhei para ele e vi que estava serio.
-Liam? -Perguntei.
-Sim?
- Estás bem?
-Estou - disse sorrindo para mim mas ao mesmo tempo parecia falso.
Desviei o olhar e quando entramos fomos diretos ao bar.
- Okay, qual é o teu o veneno Ella?
Olhei em volta vendo as pessoas a dançar na pista de dança a dançar, o DJ no palco a mexer na música. Ri quando notei que vários rapazes no balcão estavam a olhar para mim e então olhei para o Liam que olhava-me divertido.
-Não sei, nunca bebi - disse alto para que ele me pudesse ouvir através da música.
Ele olhou-me serio, e então chamou o empregado, gritou-lhe algo e então virou-se para mim.
-Tu nunca bebeste? Tipo nunca? Nem mesmo champanhe?
-Não- disse rindo da cara dele. - Há algum problema com isso?
- Nenhum - disse no momento em que o barman deixa dois copos e um prato com dois limões. - Pronta?
Eu acenei e ele pegou nos limões e colocou um nos meus lábios. Olhei para ele um pouco confusa mas abri a boca e trinquei o limão ao mesmo tempo que ele o ácido fez me arrepiar e fazer uma careta, ao ver que o Liam pegou no copo e bebeu fiz o mesmo... a bebida queimou-me a garganta e quase me fez engasgar. Quando bati o copo no balcão tossi e Liam agarrou-me pelos ombros me endireitando.
-Estás bem? - Perguntou-me rindo. - Consegues aguentar?
Sorri e acenei e dei um aviso com a mão. para o barman para trazer mais. Liam riu e fez-me sentar no banco. Ele sentou-se ao meu lado e bebemos de novo. Desta vez acostumei-me rapidamente ao sabor e ardência.
-Então tu nunca bebeste provavelmente nunca fumaste -eu acenei para ele afirmando. -O que raio fizeste durante a tua adolescência?
- Era uma mimada vaca -disse sentindo mais coragem do que tinha naquele momento.
-Rapariga é a minha missão te ensinar a viver - disse sorrindo para mim enquanto fazia sinal para o barman trazer mais bebidas.
- O que andaste a fazer na tua adolescência? - Perguntei curiosa.
-Ia a festas, namorava, apanhava bebedeiras, eram os anos loucos agora estou mais ajuizado -disse pegando na bebida que o barman trouxe e bebeu sem o limão.
- Posso ver isso.
Ele sorriu e piscou-me o olho, passou a mão pelo meu ombro e afastou-me do banco pegando nas bebidas que pediu ao barman que vieram em copos compridos cor preta. Ele deu a minha bebida e levou-me para a pista de dança, ele puxou-me para perto dele e começamos a dançar juntos, ele sorriu quando me viu a me soltar, eu ergi as mãos consoante a batida e deixei-me ir bebendo de vez em quanto.
A certo momento o efeito do álcool alcançou-me e senti muito leve e com os pensamentos esborrados, e completamente dispersos. Olhei para Liam que estava a dançar e aproximei-me dele e encostei-me a ele. Liam agarrou a minha cintura e moveu-se comigo sorrindo, ele encostou o seu rosto ao meu pescoço dando-me um beijo e quando se afastou olhou-me nos olhos.
- O que estás a fazer? - Perguntou-me confuso.
- Nada - disse sorrindo meio boba.
Ele sorriu e voltamos a dançar, voltei a beber e quando acabei ele foi buscar mais, eu continuei a dançar no meio da pista. De repente senti uma mão sobre a minha barriga e uma anca contra o meu cu. Eu ri-me e movi-me contra ele. Virei-me esperando ver o Liam mas o que vi foi apenas um homem nos seus trinta com um olhar perverso.
- Oi coisa linda, estás a gostar? - Perguntou sorrindo e eu senti o cheiro do álcool no seu halito, estremeci e tentei dar o melhor sorriso possível.
- Desculpa, mas vim acompanhada...
- Ela que se junte a nós- disse sorrindo para mim. - Podíamos divertirmo-nos juntos.
- Eu duvido imenso disso - disse rindo afastando-me dele.- Além disso estou acompanhada.
Nesse momento como se fosse o meu grande salvador senti uma mão a por no meu ombro.
- Obrigada, mas a minha namorada quer um homem a serio... - disse Liam enquanto me puxava para ele.
- Eu não acredito que ela esteja contigo.
Liam afastou-se um pouco parecendo sem equilíbrio e apontou o dedo a ele, o que me fez querer rir.
-Ai não? Tu, senhor, não fazes a mínima ideia- disse sorrindo antes de encostar o rosto ao meu pescoço e sussurrar - beija-me.
Afastei-me um pouco dele porque não estava a espera disto, nem queria que algo assim acontecesse.
- Vá lá beija-me - disse no meu ouvido.
Eu não sabia se era o álcool ou se era mesmo eu só me desviei e dei-lhe um beijo, senti o meu corpo estremecer quando os nossos lábios se tocaram por isso afastei-me mas o Liam agarrou-me e virou-me para ele passando a mão pela minha anca e encostou a sua anca a minha, apertando mais, eu suspirei com aquele contacto e passei a mão pelo seu cabelo puxando-me mais para ele, os seus lábios acariciaram os meus me fazendo gemer e de repente o beijo ficou mais selvagem enquanto a sua língua me invadia tremi enquanto ele me segurava perto e então cedo demais, ele afastou-se. Abri os olhos confusa para o ver a olhar para o lado, onde estavam uns casais a dançar demasiado juntos.
-Acho que isto chega - disse dando-me uma palmada no ombro sorrindo. -Vou buscar as bebidas Ella.
Atordoada observei-o a ir. O que raio acabou de se passar? Num momento estamos bem no outro a este momento louco que me parece um infinito... talvez seja a bebida que esteja a confundir os meus pensamentos... sim, definitivamente era isso, pensei sentindo a cabeça leve. Antes mesmo de eu ter tempo para me recompor ele voltou com dois copos compridos com um líquido preto, ele entregou um a mim e olhou-me atento.
- Estás bem? Estás a aguentar o álcool? - Perguntou-me pondo uma mão no meu ombro.
Acenei e comecei a dançar enquanto bebia para acordar do beijo, mas estava complicado. Era a primeira vez que beijava um rapaz e não pensava em Jack...

Flashback
Olhei para Crish enquanto mexia na comida perdida em pensamentos... ele sorriu para mim.
- Espero não estar a te chatear...
- Oh, não. Estava apenas a pensar no que disseste, desculpa não queria que pensasses que eu estava a ficar aborrecida, porque não estou.
- Ainda bem. -Disse e antes que eu pudesse recuar beijou-me. 
Senti um frio pela recordação que me trouxe do passado, as mãos calejadas a me agarrar e a me forçar a ficar quieta e a me tentar despir enquanto me beijava ferindo-me os lábios. Essa ideia repugnou-me e sem pensar afastei o Crish
- Desculpa tenho que ir - disse saindo da mesa e saindo do restaurante sem me importar como deixei-o.

Presente e horas mais tarde... 
- Sabes uma coisa, tu estás bêbada -disse Liam com a voz arrastada, enquanto esperávamos para ser atendidos no balcão de outra discuteca.
Eu ri-me de forma exagerada e agarrada a ele. O Dj estava a colocar House por isso tive que gritar para ele ouvir.
- Eu seiiiii! Acho que o barman sabe - Disse de forma exagerada.  
Liam adotou uma posição suspeita olhando para o barman.
-Achas mesmo?! Aquele sacana! Eu devia-lhe dar uma lição, não se deve recusar uma bebida a uma menina tão bonita como tu.
-Okay, tu estás bêbado!
-Nãooooo! -Disse de forma exageradamente ofendida. - Eu estou apenas alegre... e com uma vontade enorme de ir a casa de banho. - Disse olhando para a multidão.
- Uhhhhhh!!! -Exclamei fazendo o virar-se para mim. 
Ele balançou um pouco com o movimento e fechou os olhos por um momento antes de recuperar.
- O que... o que... foi? - Perguntou de maneira lenta e atropelada.
-Eu também tenho que ir! 
Ele sorriu e deu-me a mão beijando.
- Linda, iremos os dois a procura dessa geringonça chamada casa de banho juntos e iremos encontra-la! Para a missão! -Exclamou virando-se para a multidão enfrentando-a, claro com o grupo de pessoas que estaca na pista de dança tivemos que dançar para conseguir andar. Eu sorri vendo Liam a dançar, tínhamos bebido imenso e eu estava a tentar aguentar o líquido no estomago e a tentar ao mesmo tempo beber. Sentia o corpo tão leve e tudo parecia tão intenso.
Quando chegamos a parte da casa de banho separamo-nos. Eu entrei na casa de banho e a primeira coisa que reparei foi no facto de estar com os olhos esborrados e parecia suada. Ri-me dessa imagem e foi para o cubículo. Quando sai da casa de banho, Liam estava a minha espera. Ele deu-me o braço e fomos de novo para a pista de dança quando ele olhou para o lado. Eu olhei para confusa. 
- O quê? - Gritei. 
- Bebida!
Fiquei confusa mas ele puxou-me para o corredor e entramos na parte de trás do discoteca e do bar, tinha uma cozinha que estava vazia.
- Onde estão elas? - perguntei em surdina.
- Se calhar estão escondidas ali - disse apontando para um frigorifico grande enorme. 
Nós fomos para o frigorifico abrindo-o, tinha bebidas e comidas estava frio la dentro o chão estava coberto de uma nevoa branca e as paredes tinha gelo. Liam entrou e procurou num das estantes.
Eu foi em direção a bebida largando a porta. 
- Olha Liam, vodka! - Gritei para ele que estava parado a beira da porta de costas para mim. 
De repente ouvi um estalido e começou a cair gelo como se nevasse. Eu ri-me e girei. 
- Olha! Olha! Sou um boneco de neve! - Gritei rindo. 
- Ella... - disse Liam com a voz sobria. 
- Talvez podemos fazer gelado de vodka.
- Ella....
-Ou talvez um granito de vodka, sabes aquelas bebidas de gelo. 
-Ella! - Exclamou e eu dei um salto e eu olhei para ele.
Ele estava parado a olhar para mim. 
- Estamos presos - disse olhando-me serio.
- O quê? - Perguntei rindo, avancei até ele e pressionei a porta. - Como é possível?! 
Olhei para Liam, ele agarrou-me. 
- Não tem como abrir da porta de dentro só na parte de fora. Estamos presos! 
Engoli em seco e fiquei sóbria, fiquei consciente que estava a ficar cada vez mais gelada que a minha respiração era apenas nevoa. Abracei-me olhando para Liam. Ele começou a bater na porta e a gritar para que abrissem, eu juntei-me a ele, e comecei a suar o que fazia com que virasse gelo... Eu gritei e gritei, chorando enquanto Liam ao meu lado tentava abrir a porta. Porque é que eu tinha que estar a usar vestido!? 
- Ajuda! Estamos aqui! Por favor! - Exclamei notando que a minha garganta estava a doer e que estava a ficar rouca, estávamos a demasiado tempo dentro. Eu estava a tremer e Liam também. 
Ele percorreu o frigorífico a procura de portas ou de janelas e quando voltou observou-me. 
 Continuei a bater na porta até que Liam agarrou e me puxou para o meio do frigorífico, onde estava a ainda a cair o gelo. 
- Pará! Pará! Ella, por favor guarda a tua energia! - Exclamou, ele tinha o cabelo coberto de gelo, e estava muito pálido, eu supunha que parecia como ele. 
- Liam, por favor! Nós temos...
- Calma! Nós vamos sair daqui, Ella, encosta-te a mim, tudo vai ficar bem! - Disse abrindo o casaco abraçando-se a mim, protegendo-o de mim.
Ele desceu-nos e sentamo-nos juntos e o mais possível agarrados, Estava tanto frio que custava respirar. Liam agarrou o meu queixo e fez-me olhar para ele. 
- Tudo vai ficar bem - disse mas eu sentia-o tremer contra mim. 
- Eu... sei - disse gaguejando impossível de controlar o tremor dos lábios,
- Sabes o que eu não consigo parar de pensar? - Perguntou-me com convulsões de tremor. 
- No-o-o qu-ê? - Perguntei tremendo. 
- No nos--so beijo... e-u nã-o de-via de ter fei-to aqui-lo - disse observando-me. 
Eu passei uma mão no cabelo dele olhando para os seus olhos verdes. 
- Nã-o-o fazzzz mal - disse gaguejando tremendo enquanto ele me abraçava. 
- Faz! - Exclamou irritado fazendo-me olhar para ele. - Eu... não-o-o queri-a-a qu-e-e tu m-e beij-as-se por... obriga-ção. Eu não queri-a...
- Shhh... - disse ficando com medo do que ele dizia. - Guarda as tu---as forr-ças.
Ele beijou-me nos lábios me fazendo tremer ainda mais, mas que me aqueceu de alguma forma. Mas de alguma forma eu... adormeci, senti a minha consciência a ser levada e o meu corpo a ficar leve...

Eu estava a sonhar sentia-o, ouvia-o...


- Ela tem que ir para o hospital! 
- Ela não vai a lado nenhum! Ela tem que ficar comigo! Ela tem-me só a mim, dei-me o que foi preciso mas não me a leve daqui! 
- Senhor, está bem? 
- Estou, e ela também, ela está apenas a dormir. 
- Deixe-me só leva-la as urgências, ok senhor? Pode ser? Você pode ficar com ela, você pode ir com ela. 

Doía me a cabeça, sentia-me tão estranha, sentia como se tivesse sido atropelada, abri os olhos e a primeira coisa que reparei foi na manta que tinha estava demasiado quente. Senti um aperto na mão e reparei que Liam estava adormecido ao meu lado agarrado a minha mão.
O que aconteceu?

E eu fosse...


Encontrei este TAG no blog Divagando na Soci que Danniela Martins fez e decidi fazer o mesmo que acham?

Se eu fosse um mês: Março

Se eu fosse um dia da semana: seria Domingo

Se eu fosse uma hora do dia: 10:00h

Se eu fosse uma estação do ano: primavera

Se eu fosse um planeta: Jupiter

Se eu fosse uma direção: Direita

Se eu fosse um móvel: secretaria

Se eu fosse um pecado: orgulho

Se eu fosse uma planta: Cactos

Se eu fosse uma flor:  tulipa

Se eu fosse um clima:  Neve e tempestade

Se eu fosse uma cor: Azul ou vermelho

Se eu fosse um animal: lobo

Se eu fosse um Som: da chuva

Se eu fosse uma música: The Neighbourhood - Sweater Weather

Se eu fosse um sentimento: Amor

Se eu fosse um lugar: praia

Se eu fosse um sabor: Chocolate

Se eu fosse uma palavra: estranha

Se eu fosse um objeto: caneta

Se eu fosse um número: 13

Se eu fosse um símbolo: peace


segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Eu Confesso... Pensamento do Dia Tag 34#



E se... e se eu deixasse o blog? E se por exemplo, eu deixasse blog, se deixasse de escrever aqui? Será que sentiriam a minha falta? Eu confesso, eu quero ajudar todos os bloguers que eu conheço... eu quero que me façam perguntas amorosas, ou de livros, eu quero ajudar porque sou assim... eu só penso nós outros e em ajuda-los, eu não pretendo o seu sucesso mas sim o sucesso dos outros... bem, claro que quero sucesso e que o meu blog viaje por meio mundo, mas para ajudar outros.
 Eu coloquei trabalho neste blog, não apenas para mim mas para todos os blogueres que eu conheço, quando estou a criar um novo Tag, penso "Okay, como vou afectar a vida deles e como posso beneficiar os seus blogues com isso? Como posso criar uma comunidade e conhece-los?" Eu pretendo conhecer pessoas novas e ajudar.
Por exemplo Mel do blog À Toa, a +Cloe F.  de Promessas Imaginarias, elas não me conhecem mas visitem o meu blog e não me conhecem no entanto sempre que vou aos seus blog quero ajudar sempre, elas são pessoas espectaculares.
Se eu pudesse iria para psicologia. :D
E eu confesso, perdi o meu namorado a uns meses, e ele foi para o Algarve trabalhar mas ele volta dia 29 para o casamento da irmã, ao qual eu estou convidada e estou nervosa quero o de volta, foi eu que acabei para que não houvesse choros e perguntas e esperas, também porque estamos a trabalhar e mal falamos, mas no casamento eu quero voltar a dizer F&A. E já agora vou vos mostrar o que vou usar no casamento nestes dias, quero saber o que vocês acham.
É a primeira vez que confesso algo tão pessoal no blog...

Destaque da Semana 22# - My Life As An Unusual Girl


Lovewriters,
É tempo para o Destaque da Semana que será de Ice Queen de My Life As An Unusual Girl. Eu gostei muito de a conhecer através das suas respostas. Será que vocês iram gostar também?




De onde veio a ideia?
A ideia de criar um blog surgiu assim que desisti do primeiro curso superior em que entrei. Já tinha


tido um blog antes, quando tinha uns 14 anos - que era a coisa mais foleira à face da Terra, ahah -, e comecei a ter saudades de escrever os meus desabafos online, principalmente porque um dos meus contactos do Facebook começou a partilhar os posts que escrevia no seu Tumblr. Para além disso, como tinha acabado de desistir da universidade, achei uma certa piada ao facto de registar tudo o que viria a seguir a isso - o novo stress dos exames nacionais, os meus desejos e objectivos, a entrada numa nova faculdade e a minha nova experiência, em comparação com a antiga -, para mais tarde recordar.

Sobre o que fala o blog?
Fala sobre um pouco de tudo: do meu dia-a-dia, de coisas de que gosto, daquilo que um dia gostava de vir a fazer, do que vai na minha cabeça em determinado instante, sobre mim mesma... Enfim, não existe um "tema" definido. Tudo o que me venha à mente e que vejo que valha a pena ser partilhado, publico. Não imponho restrições a mim própria. No blog, sinto que posso ser eu mesma.

De onde veio o nome?
Ir para a universidade fez com que me sentisse muito desintegrada, por ter gostos e comportamentos diferentes da grande maioria das pessoas que a frequentava - este foi um dos motivos que me levou a desistir do curso em que estava. Por causa disso, comecei a considerar-me incomum, como se tivesse nascido na geração errada ou coisa parecida. Daí surgiu o unusual girl.

Como se sente em relação a reacção das pessoas?
Sinto-me muito bem. Grande parte dos bloggers que deixam comentários são bastante simpáticos e prestáveis. Já tive a minha dose de anónimos nojentos, que me "forçaram" a não permitir mais comentários anónimos, pois não tenho a mínima paciência para crianças que não sabem dar a cara. Mas, para compensar, já recebi comentários muito positivos. É muito bom sentir o apoio, a compreensão e o carinho de alguém, e isto torna-se ainda mais especial tendo em conta que as pessoas em questão nem sequer me conhecem pessoalmente. Para além de que é igualmente óptimo saber que não sou a única a ter determinada opinião sobre determinado assunto, ou a única a pensar de certo modo.

Que objectivos tem sobre o blog?
Não criei o blog com um propósito; queria apenas desabafar e falar sobre o meu dia-a-dia, para mais tarde recordar. Não estabeleci qualquer objectivo, principalmente porque não fazia a mínima ideia de que manteria o blog durante todo este tempo (já tem pouco mais de 3 anos). Hoje, esta ideia mantém-se. Não tenciono ter X visualizações ou Y seguidores, nem tão-pouco criar rubricas ou o que quer que seja. O blog não tem nenhum propósito; quero apenas continuar a fazer o que fiz até agora.

Que próximos destaques terá o blog?
Tendo em conta que esta é a minha segunda entrevista, penso que vou criar um separador com os links para as entrevistas que já dei, para quem quiser ir cuscar, ahah. Fora isso, não sei. Como já disse, publico aquilo que me vier à cabeça. Não tenho nada definido.

Quais são os seus blogues preferidos?
An Open Book  e Subterranean Homesick Alien. A D. e a Ânia são das pessoas com quem mais me identifico na blogosfera.

Que hobbies tem alem do blog?
Adoro escrever, desde miúda. Mas escrever a sério, não apenas num blog. Já escrevi uns livros, mas, até agora, ainda não tive sorte no que diz respeito a publicá-los. Também adoro ler - acho que qualquer pessoa que goste de escrever gosta de ler também, eheh - e desenhar, embora já não o faça há algum tempo, infelizmente.

Que musica mais gosta?
Acho que não tenho uma música favorita... Há muitas que adoro e que ouço e ouço sem nunca me fartar, muitas mesmo. Não consigo escolher apenas uma. Há, contudo, um álbum que considero "o meu álbum". Chama-se A Sombre Dance, e as músicas são mágicas, simplesmente. E o melhor é que não é para qualquer ouvido e que são poucos os que o conhecem (espero que esta minha resposta não o vá banalizar, ahah).

Qual é o seu maior sonho? 
Não sei se será "o maior", mas um dos meus maiores sonhos é ser uma escritora reconhecida e a tempo inteiro, que não precise de outro emprego, a não ser o de escrever durante todo o dia, para se conseguir sustentar. Mas sei que isto é sonhar muito alto.

Qual seria a pior coisa que podia acontecer?
Não ter ninguém. Isto é, não ter uma família, um amigo, um companheiro...ninguém mesmo. Não ter o amor de ninguém e sentir-me completamente sozinha.

Se tivesses um lema seria...
...nunca desistir.

Qual é frase que mais amas?
Uma frase de que gosto muito é: “Quiet people have the loudest minds.”. Porque me identifico completamente com ela. Sou uma pessoa muito calma e sossegada, que pode parecer super desinteressante por raramente se expressar e tal...mas o que as pessoas não sabem é que a minha mente não pára. Estou sempre a pensar em qualquer coisa, a ter ideias...quando, por fora, não o aparento. Penso muito, mas digo muito pouco, basicamente.

Gostas de ler? Se, sim qual é o teu livro preferido?
Adoro. E é por isso que me é muito difícil escolher um livro preferido. Mas penso que é a série Harry Potter que se destaca. Foi graças a ela que surgiu o amor pelos livros, e foram estes os primeiros livros a fazer parte da minha pequena biblioteca.


quando foi criado o blog?
A 24 de Fevereiro de 2011.

Espero que tenham gostado. 
Não se esqueçam de participar no novo desafio que tem como tema, Desafios! Chamem ironia. Tem uma semana para participar.

domingo, 17 de agosto de 2014

Sonhos e Pesadelos, Forasteira - Os Vossos Pensamentos Tag 2#


Este texto foi escrito pela forasteira autora do blog Na Aura de Uma Forasteira, esperto que gostem:

"Para mim,sonhos são desejos,ambições,momentos de pura alegria com amor e até mesmo de parvoíce.
Sonhos são presentes enviados pelos os deuses porque sabem que,de dor estamos fartos.
Sabem que a vida não é só dor e tristeza.Que também temos de ser felizes.
A felicidade não é uma escolha para mim,é uma exigência!

Eles sabem que a vida é uma grande jornada da qual já mais sairemos vivos.

Forasteira
Para mim,os pesadelos são as lembranças para explicarem que a vida não é perfeita.
Porque têm altos e baixos.Porque temos medo.Porque a tristeza e a dor foram feitas para serem sentidas.
A vida não seria vida sem sonhos e pesadelos.
Sem sonhos ou pesadelos,a vida seria um vazio." 


Não se esqueçam de participar no novo desafio que tem como tema, Desafios! Chamem ironia. Tem uma semana para participar.

UpDate, Lista de Verão - Pensamento do Dia 33#


Lovewriters, no dia 23 de Julho eu criei uma lista de coisas a fazer no verão, e hoje vou atualiza-la a ver como me estou a sair!

1. Fazer uma viagem

2. Sair com amigos

3. Ler 10 livros(quase lá)

4. Descobrir uma nova banda - https://www.youtube.com/watch?v=LrWwtU7iyl0

5. Ir a um concerto

6. Fazer uma tatuagem

7. Ir ao rio

8. Ir a Praia

9. Conhecer pessoas novas

10. Fazer uma festa 

11. Ir as compras

12. Ir a Piscina

13. Descobrir a musica deste verão de preferência que tenha a ver comigo - https://www.youtube.com/watch?v=Ix9NXVIbm2A

14. Ir ao cinema

15. Fazer uma viagem com as minhas melhores amigas

16. Aprender uma actividade nova - fotografia

17. Começar um livro

18. Aprender a dançar

19. Ter um novo estilo

20. Comprar mais livros

21. Fazer uma estante nova

22. Ir a Espanha

23. Ir a Fátima

24. Arranjar trabalho

25. Ver uma nova serie - Ghost Whisperer

26. Arranjar um novo hobbie - fotografia

27. Ver o por de sol

28. Ver o nascer do sol

29. Ter uma nova paixão - Jace Wayland, Cidade dos Ossos

30. Conhecer pessoal novo

31. Ir a um monumento

32. Fazer algo assustador

33. Começar a fazer treinos

35. Arranjar maneira de ter ferias!





sábado, 16 de agosto de 2014

Regulamento - Os Vossos Pensamentos & e novo desafio!


Como já devem de saber publiquei hoje o primeiro Tag d' Os Vossos Pensamentos com o tema Sonhos e Pesadelos, mas devido ao facto de não avisar quando acabaria deixou algumas pessoas de parte por isso vou criar um regulamento :D

Em que consiste este Tag?
Eu irei colocar um desafio aqui no blog, com um tema por ex: Sonhos e Pesadelos, e terão que escrever um post com esse tema e mandar para o meu email, e o/s melhor/es serão publicados aqui no blog. 

1º Regra:
Seguir o tema a risca! Pode ter mais de 1000 palavras, pode ser mal escrito, mas tem que seguir o tema, que terá bastante liberdade acreditem.

2º Regra:
Tem que mandar o texto juntamente com uma imagem relacionada com o seu texto e uma imagem para identifica-la como se fosse um user, para este email:  lovepeaceandwrite@gmail.com.

3º Regra:
Podem partilhar com quem quiserem, o prazo será de uma semana, mas mesmo que o prazo acabe e eu já tenha publicado os posts poderão enviar na mesma os seus textos, mas só os melhores dos melhores!

4º Regra: 
Terá que enviar o link do seu blog. Caso não tenha blog, pode enviar na mesma. 

5º Regra: 
Se não tiver imagem para o post eu irei procurar.

Espero que gostem deste Tag, espero ter muitas participações,  o próximo desafio, que irá durar até 23/8, terá como tema: Desafios. Espero que gostem!


Sonhos e Pesadelos, Thalya Sousa - Os Vossos Pensamentos Tag 1#

O primeiro texto do Tag Os Vossos Pensamentos é de Thalya Sousa do blog Meninaa Sweet, o proximo desafio do tag terá um regulamento concreto para não haver problemas. E o Post dela:



Um encontro, um esbarrão, como pode isso acontecer tão rápido, de forma arrebatadora que domina todos os espaços vazios que aqui existiam. Esse sentimento inominável e grandioso, que assusta só com a hipótese de sua existência, sentimento esse que relutamos admitir possuir-los. 
Desejo desesperado do reencontro, onde estão agora essas ideias infundadas, que afugentam os medos. Onde estão os medos? Que por um encontro ao acaso se foram e deram lugar a suspiros inflamados de tão quentes, fazendo os pulmões terem novamente a consciência do ar que respiramos, oxigenando o sangue de forma intensa ao invés do simples ato mecânico. 
Ideias arrebatadoras ricocheteiam na mente, agora sobrecarregada de pensamentos, insanos e desvairados, pensamentos que injectam vozes e sussurros incoerentes de maluquices antes tímidas agora abastecida por um fogo sem origem aparente, fogo que queima sem dó nem piedade e que corre por todas as veias e artérias, dominando o corpo como se fosse uma simples marioneta nas mãos de seu mestre. Inesperadamente um sorriso surge, a mão macia e delicada toca a face da criatura aterrorizada, a calma invadindo o corpo em brasa que outrora ardia em chamas, mas, que agora respira o sopro da vida com tranquilidade, se perguntando que sentimento foi esse, e que chama foi aquela que queimava sua pele. De repente como um raio a resposta atinge sua mente tudo agora fica claro, o sentimento? Era saudade, e as chamas? Paixão!
Thalya Sousa

Liebster Award

Acabei de ser nomeada para um prémio chamado Liebster Award!!! Wooow! Foi nomeada pela Cloe F. do Blog Promessas Imaginarias muito obrigada! Nunca esquecerei linda! Tenho que te fazer um destaque no meu blog. Agora vamos lá falar do prémio.

Para participares basta terás de fazer o seguinte:


Colocar o prémio (imagem) no teu blog;
Tens de responder às 11 questões que o blogger que te nomeou colocou;
Tens de nomear entre 4 a 11 blogs com menos de 200 seguidores e dar-lhes 11 questões da tua autoria;
Não podes nomear o blogger que te nomeou;
Tens que informar o blogger que te nomeou da nomeação e fornecer-lhe o link para ver todos os detalhes;
Caso aceites o Liebster Award, comenta no blog que te nomeou para o blogger poder ver as respostas às questões.


As Perguntas que Cloe me colocou:

De onde veio o nome?
Bem, eu tinha acabado de me juntar a comunidade e não sabia o que colocar no meu blog, organizei uma lista do que mais amo e estás três palavras se juntaram é o que eu mais tenho na minha vida e o que eu tenho a dar a todos os bloggers que passem pelo meu cantinho :D

 Quais foram os motivos que te levaram a criar o blog?
Tinha acabado o meu primeiro livro que pretendo publicar e achei que iria precisar de uma plataforma para lançar o livro e aqui está, mas tornou-se muito mais do que esperava tornou-se uma espécie de diário para mim e para os meus seguidores, amo este cantinho, agora é um grande pedaço de mim.

Que objectivos tens sobre o blog?
Tenho o objectivo de tornar o lugar apreciado por muitos, principalmente autores, ou mesmo pessoas, queria que as pessoas me fizessem perguntas sobre os seus medos e sobre as suas duvidas, eu gostava de os ajudar, eu acredito que podia ajudar.

À quanto tempo andas na blogosfera?
Ando na blogsfera deste 26 de Outubro de 2013

Como te descreverias?
Simpatia, amiga do amigo, bastante humilde, não guardo rancores e adoro ajudar os bloggers basta pedir, eu estarei aqui.

Se pudesses mudar algo na tua vida o que seria?
Eu mudaria o meu quarto, amo-o mas faria uma renovação do tecto ao chão.

Quais as dificuldades que encontraste e encontras depois de criar o blog?
Tempo, eu gosto de fazer posts, e faço muitos! E entre trabalho, contos e livros eu tenho que arranjar sempr tempo para o blog.

Identificas-te com algum/a blogger?
Sim, a Mel e a Cloe são fantásticas. 

Sentes-te inserida na blogosfera?
Sim, eu penso que sim...

Estás satisfeita com o teu blog?
Queria mudar o meu tema de novo mas até gosto dele assim.

O que achaste da tua nomeação?
Foi uma surpresa que amei! Amei! Não estava a espera... Obrigada Cloe...

Os Blogges que irei nomear:
http://edna-patel.blogspot.pt/
http://anossaestrelaa.blogspot.pt/
http://dropsofmyperfume.blogspot.pt/
http://mariza27martins.blogspot.pt/
http://becasbreak.blogspot.pt/
http://leiturassecretas.blogspot.pt/
http://na-aura-de-uma-forasteira.blogspot.pt/
http://ler-em-vez-de-sonhar.blogspot.pt/

.
As Minhas Perguntas serão:
De onde surgiu o nome?
Como conheceu a blogosfera?
Do que falou no seu primeiro post?
Quais são os Tags/destaques nele?
Qual é são os seus Hobbies?
O que espera do seu Blog?
Qual é o maior desafio no seu blog?
Se pudesse mudar algo em si o que seria?
Se pudesse ser algo na vida o que seria?
Qual é o seu maior sonho?
O que achaste da tua nomeação?


Peço desculpa quem não nomeie mas não sabia quantos seguidores tem, espero que gostem e para ver mais sobre o Blog Promessas Imaginarias basta clicar!


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Os Vossos Pensamentos - fim do prazo!!!! Urgente!


Acaba hoje o desafio tem até a meia noite para enviar o vossos post, o que tem que fazer está aqui:
"Eu irei lançar um desafio para os bloguers que consiste em escrever um post para o blog que eu irei publicar aqui. Claro que eu irei escolher o tema e o post escrito tem que ser mandado para aqui: lovepeaceandwrite@gmail.com tem que ter uma foto perfil(pode não ser da pessoa, pode ser apenas para identificar), uma foto que tenha a ver com o post, e tem que ter o link do blog, mas pode participar mesmo que não tenha.
E o melhor post ou até os melhores posts serão publicados.
Por isso mãos a obra Lovewriters o primeiro tema será: Sonhos e Pesadelos.
Espero que gostem, estou ansiosa para ver o que vai sair deste tag, aposto que vai ser divertido."

E não se esqueçam de responder aqui a estás perguntas:O que vocês acham de mim? O que será que vocês pensam de mim? 
Espero que tenham gostado


Arrisca - Picture Tag 33#



Não se esqueçam de participar no Desafio: Sonhos e Pesadelos: Onde tem que mandar um email com o texto sobre o tema escolhido, espero que participem. Têm até sexta para mandar os posts.
E não se esqueçam de responder aqui a estás perguntas:O que vocês acham de mim? O que será que vocês pensam de mim? 
Espero que tenham gostado

Divergente - Opinião (Movie Tag 6#)


Sinopse do filme
Na futurística Chicago, quando a adolescente Beatrice (Shailene Woodley) completa 16 anos ela tem que escolher entre as diferentes facções que a cidade está dividida. Elas são cinco, e cada uma representa um valor diferente, como honestidade, generosidade, coragem e outros. Beatrice surpreende a todos e até a si mesma quando decide pela facção dos destemidos, escolhendo uma diferente da família, e tendo que abandonar o lar. Ao entrar para a Dauntless, ela torna-se Tris e vai enfrentar uma jornada para afastar seus medos e descobrir quem é de verdade. Além disso, Tris conhece Four, um rapaz mais experiente na facção que ela, e que consegue intrigá-la e encantá-la ao mesmo tempo.


Opinião
Eu vi o filme em cinema a algum tempo e voltei de novo a ver ontem, e pela primeira vez não fiquei aborrecida ou chateada ao ver o filme pois ele está completamente sincronizado com o livro e eu amei isso. Logo no começo a imagem da cidade destruída nós tira a respiração, assim como o começo da narração nós leva para o mundo das facões.


O teste cativa, assim como a escolha de Beatrice, quando ela entra nos destemidos o filme entra num ritmo alucinante assim como a presença de 4, tornando o filme mermoravel com os testes que Tris enfrenta com o Four. O final é incrivel eu recomendo ver este filme acreditem! Não se vão arrepender!


Trailer do filme



Opinião do Livro

Instragram 1#

Lovewriters, além de escrever eu tenho hobby que amo, que é tirar fotos e postar no Instragram. E aqui estão algumas espero que gostem, todas foram tiradas por mim!


Pronta para o trabalho, tem que ser #work

O meu refugio #livros



My view #life #live

Way home #lets

Diferents Views #gifts #dreams

Some views are so #perfect

Adoroooo

Be Something not a thing

Just Waiting
Lets?