Heartless de Marissa Meyer

By Patricia Ferreira - dezembro 09, 2017



Muito antes de ser a Rainha dos Corações, Catherine Pinkerton era apenas uma garota que queria se apaixonar. Catherine pode ser uma das meninas mais desejadas no País das Maravilhas e uma das preferidas do Rei dos Corações não casado, mas seus interesses estão em outro lugar. Um padeiro talentoso, tudo o que ela quer é abrir uma loja com seu melhor amigo. Mas, de acordo com sua mãe, esse objetivo é impensável para a jovem que poderia ser a próxima rainha. Depois, Cath encontra Jest, o belo e misterioso palhaço da corte. Pela primeira vez, ela sente a atração da verdadeira atração. Com o risco de ofender o rei e enfurecer seus pais, ela e Jest entram em um namoro intenso e secreto. Cath está determinado a definir seu próprio destino e se apaixonar por seus termos. Mas em uma terra que prospera com magia, loucura e monstros, o destino tem outros planos. Do autor do New York Times, best-seller da The Lunar Chronicles, Marissa Meyer, vem uma visão do País das Maravilhas como nenhuma que você já viu antes, contando a história incalculável de a garota que seria a famosa Rainha dos Corações

Heartless
Está historia é simplesmente incrível, eu não estava a espera de gostar assim tanto desta historia muito menos sentir o que senti a medida que ia lendo está historia. Como sabem está historia é um re-conto de rainha vermelha a historia dela antes da Alice, como é que ela se tornou a rainha vermelha. 

O inicio fiquei um pouco a estranhar a historia por não estar a espera dos elementos, mas foi simplesmente adorável. Começa com a Cath a cozinhar tartes de limão para o baile do rei, que ela esta ainda assim com medo de ir, ela é pressionada pela mãe para vestir um vestido vermelho muito excêntrico, que faz com que ela vai para o baile com medo e muito apertada (o vestido). 

No baile, ela é admirada por um Joker que simplesmente é incrível, e apercebe-se de que vai ser proposta pelo rei para ser a sua rainha o que faz com que ela fuga antes que seja tarde demais. Ela foge, e sente -se mal e o Joker ajuda-a. No entanto, o facto de ela fugir, evita um confronto com o Jabberwooki, uma criatura mítica, que ataca pessoas. 

Por isso é nos apresentado uma rapariga, chamada Catherine que tem como sonho ter uma padaria e fazer doces para o resto da sua vida e não deseja de todo ser rainha, e a medida que ela luta pelo seu sonho, tem que fugir do rei de pedir-lhe em casamento, tem que as vezes fugir da criatura mítica ao mesmo tempo que se apaixona-se por um rapaz. 

A vida de Kate é tão envolvente, a medida que vamos ler a historia, vemos que Cath é uma personagem com muitas facetas, uma mentirosa, uma pessoa egoísta, corajosa, muito ambiciosa, muito altruísta em certas partes, não todas, mas ela de facto é uma personagens com imensas camadas que nos deixam completamente a amar a personagem, mas não deixa de haver certas partes que me deixavam enervadas na personagem. O facto de ela ser uma pessoa indecisa, uma pessoa egoísta, o facto de ela não ter a coragem de parar tudo deixou-me muitas vezes enervada, e irritada. 

Mas não deixamos de entender o que ela sente e as suas confusões, as suas decisões porque quer agradar as pessoas e esquecendo as suas próprias convicções mas se não fosse assim nada do que aconteceu iria acontecer. Porque é estranho porque quando acabamos o livro ponderamos todas as decisões todas os caminhos que ela segue e que todas as outras personagens toma e faz me questionar, faz-me pensar que se ela fosse honesta do inicio ao fim poderia evitar muitas coisas. 

Mas como eu estou farta de dizer quando me questionam sobre este livro, está historia não fala apenas da rainha vermelha mas também de personagens importantes, como por exemplo o Chapeleiro Louco que na verdade é uma das personagem mais importantes, que eu desde o inicio pensei que era importante e que era uma das chaves para entender a historia toda. 

A personagem do rei é engraçada e super absurda e entendemos o que Cath pensa sobre ele, porque é que ela quase o despreza. A personagem do Joker, bem eu gosto imenso dele mas nunca entendi primeiramente a amizade que tinha com Cath, mas a medida que vamos sabendo os pormenores da história começamos a compreender o porquê. 

O final no entanto, é um teste para quase todas as personagens, vemos como varias coisas que pareciam apenas separadas começam a ser na verdade entrelaçadas e começamos a ter um pouco de receio de quais será o final, porque está historia é um reconto de Rainha Vermelha antes de ela ser uma má pessoa, então obviamente sabemos que não é um final bom, como podem imaginar. Mas eu não estava a espera do final, eu apenas previ uma das situações, a quais estou contente que seja verdade, mas ao mesmo tempo triste. O final é tão triste e tão louco! 

A personagem Cath fica irreconhecível e tão desesperada que oferece o seu próprio coração para a sua vingança. Nós vemos uma personagem fofa, querida apesar de um pouco egoísta a se tornar um coração de pedra, então claro... é horrível. Mas a autora teve uma brilhante ideia, e conseguiu construir a historia do Pais das Maravilhas, com personagens conhecidas e adoradas. Mas o final, foi tão bem feito, tão bem executado que é impossível, não ter pena da rainha. 

Para comprar este livro basta carregar na imagem. 

  • Share:

You Might Also Like

0 Comments